O que é Criptomoeda? Entenda de uma vez!


A criptomoeda é um tipo relativamente novo de dinheiro que opera de uma maneira completamente diferente da moeda tradicional que todos usamos todos os dias. A diferença mais básica é que é exclusivamente uma moeda virtual, o que significa que não há moedas ou notas físicas de criptomoeda que você possa guardar no bolso de trás.



Também é emitido, ou criado, de uma forma única. Em vez de serem produzidas por um banco central ou governo, como dólares americanos, euros e outras moedas fiduciárias, as novas unidades de criptomoeda normalmente entram em circulação por meio de um processo tecnológico que envolve a participação de voluntários de todo o mundo usando seus computadores.

É por isso que a criptomoeda é frequentemente descrita como “descentralizada”. As criptomoedas normalmente não são controladas ou operadas por uma única entidade em um único país. É necessária uma rede inteira de voluntários de todo o mundo para proteger e validar transações feitas com criptomoeda.

Mas não é apenas a natureza digital e como são emitidas que diferencia as criptomoedas das moedas regulares; existem outras diferenças:

  • Regulamentação: O sistema financeiro global se baseia em várias moedas fiduciárias há séculos e a maioria dos países possui um conjunto maduro de leis e melhores práticas para regular seu uso. A criptomoeda, no entanto, é um mercado amplamente não regulamentado e, mesmo quando existem regulamentações, elas podem variar de acordo com a jurisdição.
  • Velocidade e custo: enviar e concluir transações internacionais usando criptomoeda é muito mais rápido do que usar o sistema bancário legado. Em vez de levar vários dias úteis, as transações podem ocorrer em minutos, geralmente por uma fração do custo, quando comparadas ao uso de moeda fiduciária.
  • Oferta: A moeda fiduciária tem uma oferta ilimitada. Isso significa que governos e bancos centrais são livres para imprimir novas moedas à vontade durante tempos de crise financeira. As criptomoedas, no entanto, geralmente têm um fornecimento previsível determinado por um algoritmo. Muitas criptomoedas são codificadas para incluir um limite de fornecimento (embora algumas não). Por exemplo, Bitcoin – a primeira criptomoeda do mundo e a maior por capitalização de mercado – tem uma oferta máxima de 21 milhões de tokens que são liberados a uma taxa constante e previsível. Isso significa que quando o número de bitcoins em circulação atingir 21 milhões, o protocolo deixará de liberar novas moedas em circulação.
  • Imutável: Ao contrário das transações envolvendo moedas fiduciárias, todas as transações de criptografia concluídas são permanentes e finais. É praticamente impossível reverter transações de criptografia depois de adicionadas ao livro-razão.

As criptomoedas vieram para ficar! É a nova tendência econômica mundial, os grandes bancos estão investindo milhões nesse ramo, além de que isso cria um ecossistema gigantesco, como o Metaverso!
O metaverso é um mundo virtual, que simula o mundo real, onde as pessoas podem interagir, ter relações de venda e compra de produtos, relações interpessoais e etc.

Diversas empresas já estão inseridas no Metaverso, como o Nubank, Magazine Luiza, Submarino, Brahma, Walmart e entre outras. Além disso, muitos artistas e influenciadores já estão entrando nessa, como: Anitta, Alok e Neymar!

Em breve faremos um artigo sobre como ganhar dinheiro nesse mercado e quais as formas de ganhar dinheiro. Lembrando, é algo muito novo, e há um velho ditado que diz: Quem chega primeiro na fonte, bebe água limpa.
Nesse caso, você não pode perder tempo! Saindo daqui, você deve pesquisar mais, estudar mais, se atualizar e ficar por dentro de tudo, para que não fique pra trás! Nesse mundo, tudo é muito volátil, passa muito rápido e as coisas ficam defasadas em tempo record. Portanto, não perca tempo e corra atrás do prejuízo, pois a ignorância leva à ruína.

As pessoas já estão ganhando muito dinheiro nesse segmento

No ano passado (2021), o Facebook anunciou que está desenvolvendo esse novo ambiente virtual. Com isso, as criptomoedas estão ganhando mais força, visto que serão utilizadas para compra e venda nesse novo ambiente. As pessoas estão ganhando muito dinheiro realizando seus trabalhos e serviços em troca de criptomoedas, como o bitcoin e ethereum. 

Assim como o mercado financeiro, o mercado de criptos é muito volátil e arriscado. Logo, você deve ficar atento aos acontecimentos, para que não faça um investimento errado e perca seu dinheiro. Muitas pessoas ganham muito dinheiro, mas muitas pessoas também perdem muito dinheiro, por diversos motivos. 

Segundo o site G1, uma estimativa feita pela Chainanalysis, que pesquisa sobre criptomoedas, diz que dos 18,9 milhões de bitcoins em circulação no mercado, cerca de 3,7 milhões foram perdidos pelos seus donos. São bilhões e bilhões de dólares perdidos, por desinteresse, perda de senha ou coisas do tipo. Moral da história: isso que dá não estudar.

Comentários

Postagem Anterior Próxima Postagem